Reunião com Grupo Assaí e Cidadelle - foto de Clodoaldo Ribeiro PMI

O prefeito Mário Alexandre se reuniu na manhã desta quarta-feira (21) com o diretor do Assaí Atacadista Bahia/Sergipe, Fábio Santos, e o diretor comercial do Grupo Cidadelle, Denis Guimarães para discutir investimentos direcionados ao município. Durante encontro no Centro Administrativo da Conquista, foi apresentado o projeto de implantação da segunda loja Assaí, que ficará situada às margens da BR-415, ao lado do Cidadelle House.

“Uma importante notícia para Ilhéus, a chegada do novo Assaí. Agradeço a confiança, que é fruto de credibilidade e muito trabalho”, destacou Mário Alexandre. Na ocasião, o gestor ilheense ressaltou a necessidade de contratação de mão de obra local. Segundo ele, esse fator é crucial para potencializar os resultados do empreendimento, com a oferta de vagas para os moradores do município.

Empresa do Grupo Pão de Açúcar (GPA) e uma das maiores redes de atacado de autosserviço do Brasil, o Assaí Atacadista expande seus negócios em Ilhéus com a proposta de geração de 500 novos postos de trabalho diretos e indiretos, contribuindo para o desenvolvimento econômico de uma das cidades mais importantes da Bahia.

“Agradeço ao prefeito e ao povo de Ilhéus por ter nos acolhido tão bem. Nós temos um olhar diferenciado para esta cidade e, com isso, uma segunda loja está por vir”, enfatizou Fábio Santos. O lançamento da pedra fundamental deve ocorrer em setembro do ano em curso, com a presença do prefeito. Já o funcionamento da unidade está previsto para os meses de janeiro e fevereiro de 2022.

Itens de mercearia, hortifrúti, alimentos, embalagens, higiene, bebidas e limpeza de grandes marcas regionais, nacionais e importadas são ofertados nas lojas da rede. As novas instalações têm investimento de R$ 50 milhões e integram o pacote de retomada econômica com foco no período pós-pandemia. A reunião contou com as presenças do vereador Jerbson Moraes, presidente da Câmara Municipal, do secretário de Desenvolvimento Econômico, Vinícius Briglia, e do procurador-geral do Município, Jefferson Domingues.