WhatsApp Image 2020-09-26 at 12.51.36

O sonho de mais de 30 anos dos ilheenses para o fechamento do canal do Malhado está se tornando realidade com a obra em curso, realizada pelo prefeito Marão, nesta primeira etapa. A benfeitoria, que integra o processo de reconstrução da cidade de Ilhéus, vai melhorar a urbanização e mobilidade na área da Central de Abastecimento com moderno espaço de convivência, além de impulsionar a economia local, promover saúde e higiene. Também será realizada a obra de revitalização do pavilhão C da área das Malvinas, resultado de parte de uma emenda do então deputado federal Bebeto Galvão.

Com investimentos de R$ 1.730.027,57 do Fundo Municipal de Saneamento e do município de Ilhéus, a obra para o fechamento do canal conta ainda com vagas de estacionamento, dois quiosques, assentos, iluminação pública, grama e plantas urbanísticas. “A gente vê que teve muitos prefeitos prometendo e nenhum nunca cumpriu. Felizmente Mário Alexandre viu que é uma coisa boa, prometeu antes de ser prefeito, disse que ia fazer e está cumprindo”, disse o presidente da Associação da Central de Abastecimento do Malhado, José Carlos. Para o senhor Euclides dos Santos, feirante há 38 anos, “vai ser ótimo para todo mundo, para a população de Ilhéus como um todo. Nossa cidade é maravilhosa e merece o melhor. Quem dá o melhor, recebe o melhor”.

De acordo com o setor da infraestrutura municipal, neste momento está sendo feita a escavação e retirada de todo o solo “mole”, ao tempo em que é feita a base do canal com as pedras da fundação. Em seguida, será aplicada a camada de concreto magro, será feita a montagem de formas e a armação das ferragens do canal. Iniciada no último dia 20 de junho, o fechamento dessa primeira etapa será concluído por volta do final do mês de fevereiro do próximo ano.

“A gente fica muito feliz e agradece muito ao nosso prefeito Marão por estar cumprindo a promessa”, declarou o jovem feirante, Jobson Silva, 32, que chegou a ficar descreditado em razão das promessas das gestões municipais anteriores que não foram cumpridas.