WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom ponte ilheus fundacao jose silveira


whatsapp

uniftc

shopping jequitiba

ALELUIA SUGERE SUSPENSÃO DE PEDÁGIO NA BR-324


.
“Os pedágios da BR-324 devem ser suspensos até que a rodovia apresente condições reais de segurança e trafegabilidade”, propõe o presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia. Indignado com a falta de respeito ao povo baiano, que já foi sitiado por pedágios na Região Metropolitana de Salvador e paga para usar estradas esburacadas, ele cobra ação do Ministério Público e uma atitude do governador Jaques Wagner.

Para Aleluia, com todo o prestígio que diz ter com a presidente Dilma, Wagner já deveria ter cobrado uma providência dela, já que a BR-324 é uma rodovia federal. “O governo do PT sabe cobrar pedágio, mas não sabe exigir um bom serviço para a população. Recém-privatizada pela Via Bahia, com a promessa de investimentos na melhoria e conservação da pista para oferecer mais segurança e trafegabilidade, a BR-324 está uma buraqueira só para desespero dos baianos que transitam na rodovia”, denuncia Aleluia.

De acordo com o líder oposicionista, em nenhum lugar do mundo se permitiria cobrar pedágio de uma rodovia no estado deplorável em que se encontra a BR-324. “O cidadão paga para transitar numa pista de qualidade que lhe ofereça segurança, mas, logo depois da praça do pedágio, o que encontra é um monte de buracos e prejuízos com pneus furados e avarias na suspensão do carro, se não ocorrer o pior: o infortúnio de um acidente grave. Lamentável”.

ILHÉUS: LÍDERES SOCIAIS REÚNEM-SE COM JOSIAS GOMES


.
Nesta segunda-feira, 24, o deputado federal Josias Gomes esteve reunido com lideranças vinculadas a diversos movimentos sociais do município de Ilhéus, sob a liderança do soldado Lúcio Cristhiano.

Outra liderança presente, “Bicudo”, que é ilheense, mas, que trabalhou em São Bernardo como metalúrgico no período em que Lula era presidente do sindicato, fez um histórico das lutas dos trabalhadores daquela época até hoje, e se mantém, até hoje, filiado ao PT.

Carlos Terral ex-dependente químico que foi recuperado por uma entidade que é presidida pelo Pastor André, também presente ao café da manha, falou da importância deste momento que Ilhéus está vivendo. Ele defende os investimentos que o governo está promovendo no município e na região, o que, na sua visão, exige um prefeito sintonizado com os governos federal e estadual.

De acordo com Emerson Lucena professor da UESC, biólogo, “o PT está animado com a situação política de Ilhéus, e, por isto, é importante nos organizar para a disputa em 2012”.

Conforme avaliou o deputado Josias Gomes, “a reunião serviu para um contato muito mais próximo com os formadores de opinião espalhados por todos os bairros de Ilhéus, algo que nos anima a seguir em frente na organização do partido local, rumo à disputa eleitoral de 2012, sustentando com entusiasmo a condição de pré-candidato à Prefeitura do município”.

SANDRO RÉGIS REBATE DECLARAÇÕES DE MAURÍCIO TRINDADE

Depois que o deputado federal Maurício Trindade declarou seu apoio a ida do PR a base do governo Jaques Wagner, o deputado estadual Sandro Régis (PR) entrou em contato com o Política Hoje, afirmando que o desejo de Trindade “é pessoal, pois no que se refere aos deputados estaduais não existe qualquer possibilidade de integramos a base governista”.

Sandro Régis que é líder do bloco PR/PSDB na Assembleia Legislativa da Bahia, disse que “nem Maurício Trindade e nem Reinaldo Braga [líder da oposição na AL-BA] tem autoridade para acertar isso. Eu, como líder, que devo responder a essas questões.

Questionado sobre a possibilidade de o Partido da República deixar a oposição e apoiar Wagner, o parlamentar informou que esse assunto nunca foi ventilado e nem comentado no partido. Por isso, não existe nenhuma possibilidade de acontecer”, ressaltou.

AZEVEDO FAZ PRESTAÇÃO DE CONTAS DO GOVERNO


.
Ao destacar a importância da transparência na gestão dos recursos e nas ações do governo, o prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, afirmou, num encontro do Grupo de Ação Comunitária realizado no Palace Hall, a importância da parceria entre govderno e sociedade organizada. Ele apresentou uma prestação de contas da gestão e elogiou o relatório do GAC sobre a administração municipal, que incorpora sugestões para as diversas secretarias.

Acompanhado de todos os secretários municipais e do presidente da Emasa, Geraldo Briglia, o prefeito lamentou o pesado endividamento do município, que tem um passivo de R$ 130 milhões com o INSS, o que limita a captação de recursos para obras e projetos essenciais. Azevedo lembra que, além de ter 60% da população vivendo em situação de risco, o município tem dívidas impagáveis e precisa de recursos para projetos.

O prefeito anunciou que os demais integrantes de sua equipe de governo também levarão ao GAC informações sobre os projetos de cada área, detalhando as ações implementadas. “Nosso governo está aberto ao debate e às sugestões”, declarou. No encontro com o GAC, Azevedo também apresentou um relatório sobre a destinação dos R$ 33 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento para investimento na ampliação do sistema de captação de água de Itabuna, que passou de 600 para 1.000 litros por segundo.

Um investimento de R$ 70 milhões vem sendo pleiteado na área federal pelo Governo do Estado para a construção da barragem do Rio Colônia, prometida em 2009 pelo governador Jaques Wagner.

Ações

Como parte das ações do governo ao longo dos 34 meses, Azevedo cita os investimentos direcionados para a compra de uma patrulha mecânica e sete caçambas, com recursos de R$ 3 milhões. “Também investimos em obras como a de reurbanização da Avenida Cinquentenário, a macrodrengem do Canal do Lavapés e temos o projeto de reurbanização da Avenida Amélia Amado, com um custo inicial de R$ 12,8 milhões”, enfatizou. O governo ainda trabalha na elaboração de projetos destinados à captação de recursos no valor de R$ 70 milhões para realização de obras de infraestrutura no centro e em diversos bairros da cidade.

O MINISTRO RONALDO

No evento em que se comemorou na quinta-feira a indicação do Itaquerão para abrir a Copa 2014, Ronaldo Fenômeno foi alvo de paparicos de Gilberto Kassab e Geraldo Alckmin.

Em conversas reservadas com o ex-craque, ambos disseram a sério que Ronaldo seria o melhor nome que Dilma Rousseff teria para substituir Orlando Silva. Ronaldo apenas sorria, nada respondia. Beleza. Só que quem tem essa caneta é Dilma.

Do site “Radar Online”.

PORTO SUL CRIARÁ NOVO PÓLO DE DESENVOLVIMENTO

A descentralização, inclusive espacial, do desenvolvimento econômico e social da Bahia será uma das principais consequências da implantação do Porto Sul, na região de Ilhéus, afirma a chefe da Casa Civil do governo do estado, Eva Chiavon, uma vez que o empreendimento será um grande atrator de investimentos, criando um novo eixo sustentável, estimulando o turismo, gerando empregos, negócios e ativos ambientais para a região, que experimenta profunda estagnação depois da crise do cacau.

O investimento no Porto Sul ficará em torno de R$ 2,4 bilhões, privado e público, incluindo recursos do PAC, gerando dois mil empregos diretos na fase de implantação. A integração com a Ferrovia Oeste-Leste vai diminuir a distância para o escoamento da produção do agronegócio em cerca de 300 quilômetros. A concepção do Porto Sul, que prevê berços para receber navios de até 20 metros de calado, o capacitará a escoar, e também a receber, um grande volume de cargas, garantindo sua competitividade.

O custo de transporte de soja até o porto Dias Branco, em Cotegipe, onde é feito o embarque da carga do Oeste baiano, por exemplo, é de aproximadamente 130 reais por tonelada, o mesmo valor pago quando a operação era feita pelo Porto de Malhado, em Ilhéus, em navios menores.

Dados da indústria de transporte ferroviário mostram que esse valor cairá cerca de 40 reais por tonelada. “A situação geográfica da Bahia, no meio do Brasil, possibilita uma menor distância de transporte na rota para a China, e também pode ser muito bem competitiva com a operação do canal do Panamá, para os navios maiores”, analisa Marcus Cavalcanti, chefe de gabinete da Secretaria Estadual de Infraestrura do governo.

BARRO PRETO: ÔNIBUS DA PREFEITURA FOI DETIDO


.
Neste domingo um ônibus da prefeitura de Barro Preto foi detido no Posto da Polícia Rodoviária em Itabuna. O veículo estava sendo utilizado para fazer o transporte dos estudantes que estão fazendo a prova do ENEM em Itabuna.

Segundo informações, a documentação estava irregular e faltava o Tacógrafo, por isso o ônibus ficou apreendido. Houve o bom senso e o motorista foi autorizado a levar os estudantes nos locais de prova, em seguida o ônibus voltou e ficou detido.

Já nesta segunda-feira o prefeito Adriano (PMDB), terá outra noticia nada agradável. Funcionários da “META” vão levar para a prefeitura o aviso de “corte” da Coelba.

SEM FÓRUNS, VIOLÊNCIA DEVE CRESCER, AFIRMA ADVOGADO

A notícia de que o Tribunal de Justiça da Bahia vai fechar 50 fóruns em pequenas comarcas do interior da Bahia gerou revolta entre operadores do direito. Um desses é o advogado Ruy Corrêa Soares, que prevê, inclusive, o aumento da violência nas localidades atingidas pela medida do TJ-BA.

Para Ruy, quem vai agradecer é o crime organizado, como o tráfico. “Sem a presença física do poder punitivo, serão inibidas ações de combate ao crime. Além disso, a medida também favorece ao crescimento dos pequenos delitos. Ou seja, o cidadão é quem será o grande prejudicado”.

De acordo com informações do próprio TJ, a decisão visa à redução dos custos operacionais da justiça baiana. Serão atingidas pela medida, entre os municípios mais próximos da região sul, as comarcas de Itagimirim, Santa Luzia, Maraú, Nilo Peçanha e Barro Preto.

“Entendo que o governo, a partir dessa medida do TJ, se mobilize para a implantação das unidades da polícia pacificadoras nesses municípios. Pelo menos seria uma medida compensatória que, ainda assim, não extinguiria o dano maior, que é justamente o cerceamento do direito constitucional de acesso à justiça”.

A motivação – redução de custos – também é alvo de críticas do advogado. “Ora, se todos os outros cidadãos podem continuar usufruindo o direito de acesso à justiça, isso quer dizer que os moradores dessas cidades atingidas com a medida do TJ passam a ser considerados cidadãos de segunda categoria, a quem sequer é facultado o direito elementar da proteção da justiça?”.

Para Ruy, outro risco que se deve levar em conta é o do aumento da impunidade, inclusive no meio da política. “O cidadão vai se retrair, quando for obrigado a ir a outras comarcas, distantes, para fazer, por exemplo, uma denúncia no Ministério Público. Talvez por isso não tenhamos visto muitas vozes de prefeitos regionais se levantando contra essa medida”.

Sinergia

No caso específico de Barro Preto, município mais próximo de Itabuna atingido pela medida do TJ, a sugestão de Ruy é que a melhor solução é que o município de Itapé fosse incorporado ao de Barro Preto, que guarda uma boa proximidade daquele, inclusive com serviços em comum, a exemplo da manutenção da conta da prefeitura na agência do Banco do Brasil. “Isso desafogaria a já sobrecarregada comarca de Itabuna”.

“Há essa sinergia entre os dois municípios. Em vez de mudar a comarca para Itabuna, que já está em situação calamitosa, por que não atrair a de Itapé? Economizaria os recursos que o Tribunal tanto quer e garantiria que o cidadão de Barro Preto não fosse tão prejudicado. Esse é um princípio que poderia ser utilizado também nas demais, caso o TJ não reveja seu posicionamento”, finaliza Ruy Corrêa.

IBICARAÍ: PREFEITO SEM PRESTÍGIO


.
O prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana (PT), pensava que gozava de prestígio junto ao vice- governador Otto Alencar (PSD). Mas neste sábado ficou evidente que o mesmo não tem esse prestígio todo.

Prova disso é que estava agendado para Otto Alencar participar neste sábado no município de algumas atividades, sendo que a principal era para ele assinar a ordem de serviço da obra de recuperação da BR 415 ( Ibicaraí- Itabuna).

Faltando pouco tempo para o inicio da atividade o prefeito foi informado que Otto tinha cancelado a sua viagem ao município. Isso deixou o “QG” de Lenildo bastante “irritado”.

Vale lembrar que Lenildo está enfrentando um grande desgaste na sua administração. E a situação ficou mais grave depois que ele negou o alvará de autorização para a banda “Trio da Huana” realizar uma festa em uma avenida do município.

SERÁ QUE VAI?


.
Em Itabuna foi formada uma ampla frente partidária com o objetivo de tentar viabilizar uma candidatura forte na eleição de 2012. A frente é composta pelos pré-candidatos Wenceslau (PC do B), Vane (PRB), e Acácia Pinho (PDT).

O acordo é que no primeiro semestre de 2012 seja realizada uma pesquisa eleitora, sendo que o primeiro colocado será o candidato, o vice será o segundo colocado.

Vale lembrar que em 2008 o PC do B fez uma aliança dessas com o PSB e PPS. Naquela oportunidade os protagonistas eram Luis Sena (PC do B), Edson Dantas (PSB) e Otoniel Azevedo (PPS).

Porém, o PC do B quebrou o acordo e aceitou ser vice na chapa de Juçara Feitosa. Já que Otoniel desistiu da candidatura e Edson Dantas manteve menos sem chance. Em 2012, como ficará?

vida med

vida + med

axe da sorte cap


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia