WhatsApp Image 2020-09-14 at 19.43.08

A política do Médio Sudoeste Baiano traz em 2020 um nome novo na disputa para o posto de Prefeito em Santa Cruz da Vitória. O Professor Maurício Lopes, conseguiu a proeza de se destacar como Vereador a ponto de ser cotado já em seu primeiro mandato como um nome que se gostaria de ver no papel de líder do Poder Executivo Municipal, respeitando a decisão do atual prefeito Carlos André, que já anunciou que não se lançaria candidato a reeleição, oferecendo seu lugar a quem se mostrasse melhor na pré-campanha.

Entre os projetos sociais de Maurício, se destaca o Projeto Judô, que ofereceu acesso a esse esporte para mais de 70 crianças e adolescentes. Ele implementou também o Wi-fi grátis, que funciona há mais de 3 anos no Bairro Mariete Macedo, garantindo o acesso à internet para os moradores da localidade. Outro projeto do qual se orgulha é o Projeto Feirinha, que promove a venda de produtos da agricultura familiar através de transporte grátis, divulgação e exposição da mercadoria, com lucro total para o produtor.

Conhecido por sua intensa luta na defesa de causas sociais que garantiram o direitos aos cidadãos, também se destacou por sua assiduidade, nunca tendo faltado a nenhuma sessão na Câmara, não mede esforços para defender os profissionais da Educação, acompanhando e ouvindo sempre os anseios da categoria, estando a frente como sindicalista na APLB.

Graduado em Pedagogia e Administração, Maurício é filho de professora Leonídia e do Magarefe Solon, Nasceu e cresceu em Santa Cruz da Vitória, onde sempre se destacou no cenário cultural e educacional, mesmo antes de ser reconhecido por seus trabalhos como Professor, Coordenador e como Diretor não só em sua terra natal, mas também no distrito de Água Doce.

A pré-candidatura, que tem gerado grande aceitação, tanto nas mídias sociais quanto no comentário popular, deverá ser discutida durante a convenção do Partido 45 (PSDB), que ocorrerá até o dia 16 desse mês. Lá os demais interessados a pleitear a vaga deverão apresentar seus argumentos para que seja decidido o representante do partido apoiado pelo atual gestor na disputa eleitoral.