106985341_3174514672606388_8435516683057651956_o

O Município de Aurelino Leal ficou em 26º lugar no ranking de avaliação do nível de TRANSPARÊNCIA das contratações emergenciais utilizadas no combate à COVID 19 realizado pelo Instituto Nossa Ilhéus (INI), sendo avaliado como péssimo no desempenho. Tal ranking foi composto por 26 municípios, o que torna a situação de Aurelino Leal ainda pior.

Os critérios de avaliação se basearam no guia de Recomendação para Transparência produzido conjuntamente pela Transparência Internacional – Brasil e pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Ao acessar o site do município, é possível verificar que NÃO há quaisquer informações que possibilite o amplo acesso público de todas as contratações ou aquisições realizadas, o que, inclusive é um dos requisitos exigidos pela Lei, já que a ausência dessas informações demonstra um verdadeiro descuido em relação a transparência na gestão dos recursos recebidos. Por conta disso a Gestora poderá ser responsabilizada ante a falta de transparência.

O site manteve contato com a prefeita Liu Andrade (PP), a mesma declarou que é “politicagem”: “ isso é politicagem e mentira, como não paguei, não melhora”, declarou.