IMG_1976

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Buerarema deu o ponta pé inicial nesta segunda- feira, 12 de agosto, para a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico do Município- PMSB com a realização da primeira  oficina para a construção do plano. A ação ocorreu na Câmara Municipal de Vereadores e contou com a participação de representantes do legislativo, executivo e da sociedade civil e organizada.

O Plano Municipal de Saneamento Básico é o instrumento de planejamento, elaborado com a participação da sociedade, que define as prioridades de investimentos, objetivos e metas, visando atender as necessidades presentes e futuras de infraestrutura sanitária do município.

Sua construção se dará em três etapas: diagnóstico, prognóstico e apresentação dos resultados finais, sendo que em cada uma dessas etapas serão realizadas oficinas por setores. O município foi dividido em seis setores (01- Centro, 02- Santa Helena, 03- Km 02 e Km 03, 04- Assentamento Buíque, 05- Ribeirão do Carmo e Piaçaveira, 06- Vila Operária)  para contemplar todo território e entender a necessidade de todas as localidades.

A engenheira sanitarista do município, Luana Lemos, explica que “o PMSB deve garantir a promoção da segurança hídrica, prevenção de doenças, redução das desigualdades sociais, preservação do meio ambiente, desenvolvimento econômico do município, ocupação adequada do solo e, a prevenção de acidentes ambientais e eventos como enchentes, falta de água e poluição”.

O engenheiro da Embasa, Erick Fernandes que vem acompanhando todo o trabalho nesta fase inicial e dando suporte técnico à gestão, também esteve presente na oficina. A Embasa, através do diagnóstico que tem sido feito na cidade, vem auxiliando nesse levantamento na mobilização social, exercendo um importante papel na construção do plano.