Representantes da Sesau de Ilhéus trazem classificação para o XXXV Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, em Brasília. Foto divulgação.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) classificou, na última quinta-feira (11), uma das cinco experiências bem-sucedidas desenvolvidas pelo município, exposto no evento do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde da Bahia (Cosems/BA), em Salvador. O projeto está entre os 36 trabalhos, e outros nove, sendo um por macrorregião, indicados para serem documentados em vídeos, selecionados para a “Mostra Brasil, Aqui tem SUS”, que será apresentado no Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, de 2 a 5 de julho, em Brasília.

O trabalho da Sesau, com o tema “Territorialização: ESF Vilela 2, Ilhéus, Bahia” de autoria dos profissionais Dayse Batista Santos, Edson Silva dos Santos, Ezequias Silva dos Santos, Marlene Almeida da Silva e Marli Santos Souza, obedeceu aos critérios de ineditismo, alcance, continuidade, linha temática e intersetorialidade. A experiência demonstrou como foi possível ampliar a cobertura, cadastro e acompanhamento do número de pessoas em uma estratégia de saúde da família sem a contratação de novos Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

Resultados – Vale destacar, ainda, a importância de iniciativas inovadoras dos municípios que mostram como a criatividade e seriedade podem fazer diferença na vida dos usuários do SUS. “O territorializar precisa ser antes de tudo uma ação, um movimento dinâmico com vistas a conhecer a realidade e atuar em prol de um SUS resolutivo e humanizado, cumpridor das diretrizes da atenção primária”, conclui o trabalho da Sesau, apresentado na “Mostra Brasil, Aqui tem SUS”.

A Mostra Brasil Aqui tem SUS consolida-se como o espaço para compartilhamento das atividades de resultado das ações desenvolvidas pelos municípios, na área da Saúde, e fortalece o Sistema Único de Saúde (SUS). Estiveram na mostra em Salvador, o secretário municipal de Saúde, Geraldo Magela, acompanhado do diretor de planejamento, Alberto Araújo; além das enfermeiras Dayse Batista Santos, Cláudia Patrícia Almeida Santana e Jailma da Silva.